Morte de Cláudia Ferreira, arrastada por viatura policial completa 6 anos sem justiça

março 16, 2020


Nesta segunda-feira (16), completam 6 anos que Cláudia Ferreira, foi brutalmente assassinada pela polícia carioca, em uma operação no Morro da Congonha, RJ. 
De origem humilde e batalhadora, Cláudia Ferreira, foi atingida enquanto iria comprar alimentos para os seus filhos. Após, foi colocada no porta-malas de uma viatura policial por três policiais que alegaram que a levariam para um hospital. Durante o trajeto, seu corpo caiu para fora do porta-malas, preso pela roupa, ficou pendurado e foi arrastado por volta de 350 metros, cena que foi filmada por um cinegrafista anônimo.
Cláudia era mãe de quatro filhos e cuidava de mais quatro sobrinhos. Trabalhava como auxiliar de serviços em um hospital. Nenhum policial foi responsabilizado pelo seu assassinato.





Tecnologia do Blogger.