Decidi entregar minha filha pro pai dela criar!

março 21, 2020



Eu tenho muito o que fazer, quero voltar a estudar, malhar, sair mais com minhas amigas, e minha filha iria me prender um pouco. Mas sempre que der vou vê-la, de vez em quando em algum fim de semana pego ela pra ficar comigo; mas só nos fins de semana que eu não tiver nenhum compromisso, mas qualquer coisa eu aviso ao pai dela que estou "sem tempo" e também ligo pra ela e falo que "a mamãe tá trabalhando muito".
Vocês vão ver que não vou deixar de ser uma boa mãe, pois sempre estarei postando uma foto com ela na rede social pra mostrar pra todos o quanto eu a amo.
E vou fazer de tudo pra não esquecer de mandar uma mensagem para o whatsapp dela, durante a semana, pra falar que sinto saudades.

Darei também uns 200 reais por mês, se me sobrar né porque as coisas estão difíceis pra mim e o pai dela tem que compreender isso. Bom, acho que 200 reais será suficiente para comprar o que ela precisa com relação a alimentação, roupa, calçado, material escolar, merenda, passeios, essas coisas que criança gosta e precisa... O resto, o pai que se vire também! Não sou obrigada a ficar dando dinheiro pro pai dela né, vai saber se ele vai gastar com a minha filha mesmo ou com cerveja ou com a atual dele."
Te pareceu chocante?
Absurdo?
Uma atitude horrível?
Agora inverta os papéis: É uma história comum aos homens, mas só choca quando a MULHER é a protagonista."

Autora desconhecida.


Tecnologia do Blogger.