Menina de 9 anos tem seu cabelo crespo cortado à força pelas tias e mãe denúncia

dezembro 18, 2017

Em depoimento da própria criança, as tias e primas diziam que ela tinha cabelo podre. Menina sente dores por conta da agressão ao forçar o couro cabeludo para cortar o cabelo, diz mãe. Tia afirma que ninguém cortou o cabelo da criança e que o propósito era arrumar o cabelo dela, já que a mãe não cuidava da higiene.
Diante da humilhante cena, mãe da menina de apenas 9 anos procurou a policia para expor o ato e denunciar os parentes.  As responsáveis por cortar o cabelo da criança teriam repetido varias vezes que o cabelo da criança é "podre".

"Não perguntaram se podia. Falaram que a minha mãe não cuidava do cabelo e que era podre. Eu fiquei muito triste, mas fiquei quietinha." disse a menina.

Uma das acusadas é, Adriana Alves da Silva, afirma "ninguém cortou o cabelo da criança e que a família estava apenas arrumando." 


"Estavam duas irmãs minhas, uma sobrinha e a mulher do meu sobrinho pegando o cabelo e repicando. Falando que era podre, que ia apodrecer. Ela sentia dor, porque estavam puxando. Uma estava com a tesoura e as outras puxando com pentes-finos ." disse mãe da criança em entrevista para G1.


(Reprodução/ Internet)

"Meu esposo ficou nervoso e queria brigar com elas. Vontade não faltava. Como minha mãe e meu pai são idosos, peguei minha filha e fui embora. Depois fomos na delegacia de Suzano e falaram para ir a Mogi. Fui em Brás Cubas e pedi para fazer o boletim de ocorrência. Até o homem da delegacia ficou revoltado", completou a mãe.

Uma das acusadas, Adriana Alves da Silva, afirma "ninguém cortou o cabelo da criança e que a família estava apenas arrumando." 

Tecnologia do Blogger.