Mano Brown não cantará mais músicas de cunho machista: 'As negona vão me matar amanhã'

dezembro 15, 2017

(Reprodução/Internet)

Mano Brown, o principal cantor de Rap da música brasileira informa que não cantará mais músicas de cunho machista. O mesmo que embalou vários hits na década de 90 com o grupo de Rap "Racionais", e que são sucesso até hoje, confessa que o mundo era machista a anos atras e que após ter a filha Domênica (18), mudou seus conceitos.

"Tem música que eu não canto mais. Outro dia tocou uma, e eu: 'paaaaara, vamos ser linchados, se liga no momento do Brasil! As negona vão me matar amanhã, a gente não pode nunca mais falar essas coisas'." disse Mano Brown referindo-se a filha e esposa também.

"Veja bem, passaram 25 anos, me perdoe, eu era apenas um garoto, era um outro Brasil, eu não tinha uma filha. A gente tinha uma visão realmente machista", concluiu cantor.
Tecnologia do Blogger.