Lázaro Ramos posta texto sobre William Waack: ‘Racismo é crime e ponto final’

novembro 11, 2017

(Reprodução/Internet)

Lázaro Ramos, junto com a esposa Taís Araújo são exemplos de empoderamento e representativa. Nesta sexta-feira (10), o ator não deixou de comentar sobre o racismo praticado. "Racismo é crime e ponto final."

O caso "É coisa de preto" é um dos assuntos mais comentados nessa semana, conduta que foi repudiada e criticada principalmente nas redes sociais.

Lázaro, como grande figura do movimento contra o racismo se manifestou pela conta do instagram. “Coisa de Preto é a bruxaria contida num conto de Machado de Assis. Um samba escrito pela caneta de Mauro Diniz. Coisa de preto é a poesia de Cartola. Os dedos a bailar sobre o violão de Paulinho da Viola. Ah, só podia ser preto – Romário, Imperador, Ronaldinho. Responder ao racismo com Lamentos em forma de chorinho. Pixinguinha, preto rei, rei dessa coisa escura. Renato Gama autodidata senhor da soltura. Coisa de preto é manter-se grande diante de quem mata. É se precisar ameaçar com canhão pelo fim da chibata. Coisa de preto é viver com alegria”.  texto de Johnatan Oliveira Raimundo.
O jornalista esta afastado por tempo indeterminado, segundo a própria emissora. Que informa repudiar atos racistas e de cunho preconceituoso.
Tecnologia do Blogger.