Quantidade de negros em universidades dobra

setembro 28, 2017

O assunto de cota racial é algo que habita em diversos debates no pais, alguns a favor outros contra. Fato é que depois das implantações feitas para aumentar o numero de negros e pardos estudantes de nível superior. Antes dos projetos apenas 5,5% dos jovens pretos ou pardos que tinham entre 18 a 24 anos frequentavam alguma universidade. Já no ano de 2015, o número de negros subiu para 12,8%, conforme pesquisa de senso do instituto IBGE. Ou seja, o dobro de jovens.

(Reprodução/Internet)







Mesmo que os dados sejam muito inferiores, quando comparado ao número de brancos, isso causa euforia a comunidade negra, pois é uma grande evolução em apenas 5 anos.

(Reprodução/Internet)

Um dos indícios de que os negros estão alcançando muitas vitórias, é a Aluna Bruna Sena, ativista de 17 anos, que luta pelo feminismo dentre outras causas sociais, passar em 1°lugar no concurso mais disputado de Brasil na USP, para cursar medicina.
Tecnologia do Blogger.